Picles de maxixe

A primeira vez que eu comi maxixe, um ano atrás, foi na faculdade aqui em Brasília. Lá no Sul eu nunca vi para vender. De sabor neutro, o maxixe é um ingrediente que dá para preparar de várias maneiras: salada, risoto, ensopado, com carne moída, no arroz e também picles.  A ideia de preparar essa receita foi para acompanhar a nossa noite de hambúrgueres na casa da Cora. Sucesso absoluto, picles de maxixe não só foi para completar o sanduíche, mas também comemos puro. Essa receita também pode ser feita com pepino. A única diferença é que eu coloco um pouco mais de sal e o tempo de descanso antes de ir para panela é maior. Fica uma delícia também. Depois que vocês fizerem essa receita não vão mais querer comprar picles no supermercado.

Você vai precisar:

1 kg de maxixe raspados e lavados

1 cebola

2 pimentas dedo-de-moça sem semente

1 colher de sopa de sal

Calda:

2 xícaras de vinagre de maçã ou de vinho branco

2 xícaras de açúcar

½ xícara de água

1 colher de sopa de grãos de mostarda clara ou escura

5 cravos

½ colher de sopa de grãos de pimenta-do-reino

½ colher de chá de cúrcuma

 

Como fazer:

Corte a cebola e a pimenta dedo-de-moça em tirinhas bem fininhas. Corte os maxixes em fatias numa espessura que não seja muito fina e nem muito grossa. Em um bowl, coloque o maxixe cortado, a cebola, a pimenta dedo-de-moça e o sal. Misture bem e deixe descansar por 20 minutos. Enquanto isso faça a calda: Em uma panela, coloque todos os ingredientes e ligue em fogo baixo, quando começar a ferver pode desligar. Após o descanso do maxixe, passe-os em água corrente para retirar o excesso de sal. Coloque-os na panela junto com a calda e misture bem para que todos os maxixes fiquem acomodados embaixo do líquido. Deixe cozinhar em fogo baixo. Quando começar a ferver pode desligar e está pronto. Guarde-os em ainda quente em vidros esterilizados.

No Comments

Leave a Comment

*